E por falar em cagarras…



Vale a pena descobrir o novíssimo sítio web do Atlas das Aves Marinhas de Portugal criado para a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves pelos nossos amigos da we are boq.
Este belo atlas online dá a conhecer as espécies de aves marinhas e costeiras que habitam as águas portuguesas, compilando informação muito completa quanto à sua distribuição e movimentos migratórios, bem como das características dos seus habitats e das principais ameaças que se colocam à sua presença.

O Atlas das Aves Marinhas de Portugal é o resultado de um extenso trabalho de investigação e apuramento de dados recolhidos ao longo de oito anos de embarques para realização de censos marinhos (a bordo) em toda a ZEE nacional, cinco anos de censos costeiros em pontos estratégicos da costa continental (pontos RAM), e um censo nacional de aves costeiras invernantes na costa não estuarina portuguesa (Projeto Arenaria). Este projecto, que envolveu mais de 150 observadores, aborda a situação de 65 espécies de aves em meio marinho de forma pormenorizada e para a totalidade do território nacional.



Para as 50 espécies consideradas como principais, o presente atlas reúne informação detalhada sobre a sua distribuição, movimentos e fenologia; abundância e evolução populacional; ecologia e habitat e ameaças e conservação. Para estas espécies são apresentados mais de 500 mapas de modelação ou distribuição de espécies por época do ano e região geográfica.
A presente obra compila ainda informação sobre aspetos históricos da ornitologia marinha em Portugal e conservação deste grupo de aves no nosso país, apresenta por linhas gerais a composição e dinâmica das comunidades de aves marinhas nidificantes e não nidificantes em território português, suas colónias de reprodução, e refere alguns aspetos sobre ecologia deste fascinante grupo de aves.


Um testemunho do trabalho de investigação levado a cabo pela ornitologia marinha portuguesa que é, de igual modo, uma forma de dar a conhecer esse universo fervilhante de vida que constitui o azul oceânico do mapa, ricamente povoado por incontáveis seres vivos em movimento ao longo das estações, e que incessantemente nos maravilham.

Sem comentários:

Publicar um comentário